Guilherme Monteiro durante pescaria. Confira os principais fatores da pescaria no blog da Pesca Pinheiros!

Em algum momento já ouvimos falar das influências externas que podem vir a atrapalhar a pescaria de água doce. Da mesma forma, esses fatores da pescaria podem também ocasionar mudanças, seja de um dia para outro, ou mesmo no próprio dia. E não só para atrapalhar, mas também para transformar o dia de pesca num sucesso.

Fatores da pescaria: o que são e o que mudam?

Lua, temperatura ambiente, temperatura da água, pressão barométrica, vento, turbidez da água, entradas de frentes frias… Estes são alguns dos principais fatores da pescaria que encontramos.

As mudanças, em geral, não são boas, principalmente quando se trata de alterações abruptas. Esfriar demasiadamente de um dia para outro é um exemplo, pois o peixe tende a estacionar nessas alterações, ficar mais parado e mais manhoso.

 

Pressão estabilizada é melhor para pescar

E a regra é a mesma para a temperatura. Não é bom muito baixa, mas pior ainda é a sua alteração de uma hora para outra.

Uma entrada de frente fria ou uma véspera de chuva podem ocasionar uma queda intensa, gerando um choque comportamental nos peixes.

Já quando a pressão está subindo, podemos ter melhores condições e, assim que estabilizada, temos uma situação realmente boa.

Costumo gostar de pescar entre 1010 e 1014 mb e tenho convicção que pressão abaixo dos 1000, na maioria das vezes é ruim.

Você tem que considerar também a altitude do local, pois quanto mais alto, menor será a pressão.

 

A lua faz diferença na pesca? Sim

A lua tem grande influência sobre as águas e os peixes. Embora existam variações de um local para outro, a minha preferida para fisgar grandes exemplares é a lua nova, quando as noites estão bem escuras.

Já fiz grandes pescarias nas demais luas e percebo que as alterações se dão mais nas mudanças de uma fase para outra, seja para melhorar a pesca, seja para complicar.

 

Guilherme Monteiro durante pescaria. Confira os principais fatores da pescaria no blog da Pesca Pinheiros!

 

Vento complica sempre

Pois dificulta a visão para ataques na superfície, por exemplo. Para driblar esse obstáculo, você pode apostar em:

  • Iscas de fundo, como cranks;
  • Iscas de alta vibração, como as metálicas Chatter e Spinner Bait;
  • Montagens soft de fundo.

 

A turbidez da água é também muito importante

Principalmente para uma pescaria de artificiais, pois influencia diretamente no comportamento alimentar dos peixes.

Rio subindo normalmente não é bom, pois, junto com a água, vem sedimentos que diminuem a nitidez.

 

Resumindo…

Em geral podemos dizer que as influências externas sempre serão ruins quando provocarem mudanças e a estabilidade sempre será boa.

Ao longo de anos de observação com o clima, nunca deixo de manter a minha programação, a não ser por conta de fortes intempéries, como chuva forte, frio intenso e raios.

Claro que, se você conseguir sair nas melhores circunstâncias, mais chances terá de conquistar bons resultados, mas estes são apenas alguns indicativos e a regra, muitas vezes, não se confirma.

O peixe sente as alterações e as vésperas de mudanças podem ser a grande oportunidade de termos um frenesi alimentar, pois, sabendo da alteração, o animal se prepara. Esse é o caso clássico de uma véspera de chuva forte, por exemplo.

Lembre-se que além destes fatores da pescaria que citamos, existe um que é mister na pescaria: a sorte.

Teste a sua sorte a todo o momento e boas fisgadas!

Texto: Guilherme Monteiro (Colaborador da Revista Pesca & Companhia e Pro Team Pesca Pinheiros)

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *